• Video MARAKÁ’NÀ em português: https://vimeo.com/327499319

    Video MARAKÁ’NÀ em português e legendas em inglês: https://vimeo.com/313694605

    O estádio do Maracanã não é apenas um espaço de lazer, mas, acima de t […]

  • AQUI esta disponível o promo do video MARAKÁ’NÀ.

    Esperamos ter a versão completa para Dezembro.

    Diga-nos o que você pensa!

  • No dia 29 de agosto 2014, alguns membros do Grupo Popular Pesquisa em Ação ministraram juntos uma apresentação na Conferência Internacional Anual de Royal Geographical Society – IBG 2014, em Londres. Este ano o tema da conferencia foi “Geografias do Co-Produção ‘.
    Apresentação pode ser visualizada AQUI (em Ingles).
    O audio (em Ingles) esta disponivel abaixo:
    [audio mp3="http://pesquisaemacao.noblogs.org/files/2014/10/London-GPPA.mp3"][/audio]
    IMG_1764Durante a apresentação
    IMG_1766Um outro momento durante a apresentação

  • O Grupo Popular Pesquisa em Ação – GPPA, que surgiu após as manifestações de Junho de 2013, esta construindo um vídeo-documentário sobre as formas de resistência aos mega-eventos no Rio de Janeiro, uma forma de dar visibilidade internacional às violações até então ocorridas contradizendo os avanços sociais que os governos pregam como legado dos mesmos.

    O grupo tem como objetivo difundir conhecimento e pesquisa do movimento para o próprio movimento (conforme o manifesto do grupo), criticando a abordagem clássica, conservadora, colonialista, autoritária, exclusiva, elitista e academicista da Universidade.

    Para o grupo, a pesquisa não se aplica apenas para alcançar novos resultados, mas como um processo dinâmico de educação-formação, capacitação e crescimento coletivo na prática e na ação concreta. A base da pesquisa está no princípio da participação ativa, que começa a partir de uma formulação coletiva de objetivos, desenvolve-se de forma dinâmica, envolvendo os sujeitos envolvidos (no qual o grupo também é sujeito, sendo seus integrantes militantes dos próprios movimentos) e que juntos podem formular conhecimento útil na prática diária da revolução, pois o grupo preza pelo caminho de mão-dupla, o não clássico, ou seja, a prática e as necessidades dos movimentos construindo o conhecimento, onde somos alunos e professores ao mesmo tempo.

    .
    Projeto do vídeo:

    O grupo pretende preparar um documentário com descrição e narrativa dos acontecimentos, utilizando testemunhos dos protagonistas e imagens históricas. O objetivo principal deste vídeo é narrar e analisar as práticas de resistência desenvolvidos contra a Copa do Mundo, no Rio de Janeiro. Esta análise será contextualizada sobre a coleta de testemunhos históricos cruciais, relatórios de toda a violência e os abusos que ocorrem devido a Copa.

    O vídeo estará geograficamente centrada na área do em torno do Maracanã, uma das áreas em que as contradições do modelo de desenvolvimento vieram à luz caracterizando a Copa e o Estado como de Exceção, e onde surgiram várias estratégias de resistência.

    Ao redor do Maracanã acontece a luta da Aldeia, da Favela do Metrô Mangueira, do complexo do Maracanã, do movimento Não Vai ter Copa.

    Foi decidido usar um vídeo devido à sua eficácia e facilidade de distribuição. Pretendemos construir um material de base válido para exibições e debates em diferentes lugares do Brasil e de outros países (legendas em inglês serão incluídas na versão final).

    .
    Objetivos que o vídeo pretende responder são:

    – Narrar e analisar o que aconteceu em torno do Maracanã. Construção de uma memória histórica.

    – Analisar / compreender a realidade dos vários projetos que tenham implementado a resistência no bairro do Maracanã e suas propostas alternativas

    – Mostrar o que são as praticas de resistência usadas

    .
    O vídeo está estruturado em torno de quatro blocos:

    1. Introdução ao Maracanã, privatizações, especulação imobiliária

    2. A resistência da Favela do Metrô Mangueira

    3. Resistência da Aldeia Maracanã, batalha da educação na escola Friedenreich, e do centro esportivo Celio de Barros

    4. O movimento Não vai ter copa

    A entrevista vai durar até uma hora, será um local emblemático ao ar livre e será realizada na forma de diálogo.

  • ThumbnailDesculpe pela demora, só agora postamos algumas fotos do debate do janeiro na UERJ. Agradecemos a todos aqueles que vieram e animou um intenso debate.
    A mesa
    Os relatores
    Momento durante uma apresentação
    <a […]

  • Grupo Popular de Pesquisa em Ação convida para debate público com:
    Operação Pare o Aumento
    Movimento Passe Livre – Rio de Janeiro
    Fórum de Mobilidade Urbana do Rio de Janeiro
    GPPA – Grupo Popular de Pesquisa […]

  • Bem-vindo ao novo blog do Grupo Popular Pesquisa em Ação.
    Por enquanto, são ativas as páginas  Manifesto e Atividade.

    Em breve mais informações!